terça-feira, 13 de junho de 2017

Quem quer reconhecimento é como corrupto, diz juiz Marcelo Bretas da Lava Jato do Rio

Leonardo Wen/Folhapress
RIO DE JANEIRO, RJ - BRASIL - 12 DE JUNHO DE 2017 - O juiz federal Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, recebe a medalha Pedro Ernesto, na Câmara Municipal do Rio de Janeiro, com a presença de sua esposa, a também juíza federal Simone Bretas, em sessão presidida pelo vereador Otoni de Paula. Marcelo foi responsável por decretar as prisões de agentes públicos e empresários envolvidos com a corrupção no Rio, entre eles o ex-governador Sérgio Cabral, o ex-secretário de Saúde do Rio, Sérgio Cortes e os empresários Eike Batista e Fernando Cavendish, da Delta Construções. (Foto: Leonardo Wen/Folhapress, PODER)
Marcelo Bretas recebe medalha, no Rio, com a presença de sua esposa, a também juíza Simone Bretas

Nenhum comentário:

Postar um comentário