terça-feira, 27 de junho de 2017

Palocci condenado, nas próximas horas Moro anuncia o tamanho da condenação de Lula, chefe da organização criminosa

Atualizado às 08h52


O Datafolha, do grupo Folha, que se tem portado como porta-voz da organização criminosa do Lula, insiste em colocar o juiz Sérgio Moro como adversário do petista nas eleições de 2018.

Moro tem posto no xadrez comparsas de Lula e outros bandidos envolvidos na Lava Jato.

E nega sistematicamente intenção de entrar na política.

Por que o Datafolha insiste em pôr como 'adversários' o juiz que representa a maioria de brasileiros que pregam um país melhor e ético e o mais célebre dos corruptos da história?

Uma das razões da degradação do país é a promíscua postura de certa parta da mídia, que trata Lula como um cidadão acima de qualquer suspeita.

Jovens brasileiros devem imaginar, ao ler a Folha, que o crime compensa. Afinal, o chefe da organização criminosa permanece em liberdade, apesar de todos os indícios e evidências que o cercam desde o Mensalão.

Aliás, nas próximas horas Moro deve anunciar o tamanho da condenação de Lula.

Em tempo: a condenação de Palocci é uma prévia do que acontecerá com Lula.

O chefe da organização criminosa não tem a quem delatar. Ninguém está acima dele. Mas, 'hors concours' em termos de caráter, é capaz de apontar o dedo para a finada Marisa...


Um comentário:

  1. Tomaz,espero que tenha razão e Lula amargue uma pena duríssima. E que a Folha para de defendê-lo desta maneira oblíqua. Às vezes nem tanto.

    Uma sugestão: não tem como publicar textos e artigos da "Gazeta do Povo"? Valem a pena.

    ResponderExcluir