sexta-feira, 2 de junho de 2017

Mais de 500 ligações de ministros do TCU para Tiago Cedraz

Com O Antagonista

Apesar de não ter provado a suspeita de tráfico de influência de Tiago Cedraz, a comissão de sindicância do TCU descobriu que, entre 2010 e 2015, mais de 90% das ligações telefônicas originadas do Tribunal para o escritório do jovem advogado partiram dos gabinetes de Aroldo Cedraz (pai), do ministro-substituto André Luiz de Carvalho, de Raimundo Carreiro e de Augusto Nardes.
Foram 188 chamadas do gabinete do pai de Tiago, outras 151 ligações partiram do gabinete do amigo André Luiz e mais 117 saíram do ramal de Nardes, ligadíssimo a Aroldo.
"Todavia, dissociadas de outras evidências, não se sabe em que contexto ou com qual propósito ocorreram essas ligações", escreve a comissão.
Mas é claro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário