terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

PIB dos EUA cresce 1,9% no quarto trimestre de 2016

Dólar
Expansão dos investimentos de empresas foi revisto para baixo: de 2,4% para 1,3% (Marcello Casal Jr//)

Com Veja, Estadão Conteúdo e Reuters
O crescimento econômico dos Estados Unidos desacelerou no quarto trimestre de 2016, com gastos robustos dos consumidores compensados por revisões para baixo de investimentos das empresas e do governo. O Produto Interno Bruto (PIB) cresceu a uma taxa anualizada de 1,9%, segundo informou o Departamento de Comércio dos EUA nesta terça-feira, confirmando estimativa para o quarto trimestre divulgada no mês passado.
O resultado ficou abaixo da expectativa de analistas consultados pelo Wall Street Journal, que previam expansão de 2,1% da economia americana no último trimestre do ano.
A revisão de hoje mostrou que os gastos com consumo, que respondem pela maior parte do PIB, subiram 3% no quarto trimestre, taxa consideravelmente maior que a estimativa original de 2,5%. Por outro lado, houve revisão para baixo nos gastos de Estados e governos locais, de 2,6% para 1,3%, e de investimentos de empresas, de 2,4% para 1,3%.
Como pacote de estímulo proposto pelo presidente Donald Trump, a economia pode receber um impulso, com corte de impostos e investimentos em infraestrutura, bem como menos regulamentação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário