quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

Caixa planeja IPOs de 4 subsidiárias em SP e NY em até um ano

O presidente-executivo da Caixa, Pedro Guimarães, quer acelerar as ofertas públicas iniciais de ações (IPOs, na sigla em inglês) das unidades de seguros, de gestão de ativos, de loterias e de cartões do banco.
Falando em evento com investidores, Guimarães disse que deseja listar pelo menos duas dessas unidades neste ano e sugeriu que a de loterias seja a primeira.
As quatro subsidiárias podem ser listadas em até 12 meses, disse Guimarães, acrescentando que está considerando listagens duplas em São Paulo e Nova York.
O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, , durante cerimônia na qual tomou posse, 
em Brasília - EVARISTO SA -7.jan.2019/AFP
Inicialmente, a Caixa listaria as empresas e venderia uma participação minoritária. "Não estamos considerando uma oferta de ações em que venderíamos uma participação controladora", disse Guimarães. A ideia é vender em torno de 30% das unidades, disse.
A Caixa avalia o melhor modelo para distribuir ações de suas subsidiárias para clientes de varejo, incluindo uma alocação específica para investidores individuais, acrescentou.
Guimarães disse que o governo já decidiu desinvestir o mais rapidamente possível de todas as participações detidas pela Caixa em empresas listadas, como a Petrobras.
Outras iniciativas para impulsionar o capital da Caixa, segundo Guimarães, são a potencial venda de edifícios que abrigam até duas mil agências do banco para fundos de investimento imobiliários, que podem movimentar de R$ 2 bilhões a R$ 5 bilhões.
A Caixa também pode securitizar até R$ 100 bilhões de sua carteira hipotecária nos próximos quatro anos, disse ele. Guimarães disse que anunciará em breve uma securitização de parte de sua carteira de empréstimos corporativos.
Só depois que a reorganização na Caixa tiver obtido os primeiros resultados, uma listagem do banco será considerada. "Mas essa é uma decisão a ser tomada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, não eu", disse Guimarães.

Nenhum comentário:

Postar um comentário