quinta-feira, 27 de julho de 2017

Marqueteiros André Gustavo Vieira da Silva e seu irmão Antônio Carlos eram profissionais da lavagem de dinheiro

Com O Antagonista

Em seu despacho, Sérgio Moro afirma que as provas colhidas até agora sugerem que o publicitário André Gustavo Vieira da Silva e seu irmão Antônio Carlos seriam profissionais da lavagem de dinheiro, "envolvidos em repasses de propinas para outros agentes públicos".
"Pode-se também cogitar da presença de elementos probatórios de uma associação criminosa entre os envolvidos, já que as comunicações entre Aldemir Bendine e André Gustavo Vieira da Silva, aquelas poucas que foram de possível recuperação, sugerem uma relação entre eles não esporádica, mas contínua."

Nenhum comentário:

Postar um comentário