segunda-feira, 31 de julho de 2017

Lava Jato pede a Moro que prisão de Bendine seja convertida de temporária em preventiva

Marcelo Rocha - Epoca

Bendine durante sua primeira entrevista após o anúncio de que assumirá a presidência da Petrobras (Foto: Reprodução/TV Globo)


A força-tarefa da Lava Jato pediu, nesta segunda-feira (31), ao juiz Sergio Moro a conversão da prisão do ex-presidente da Petrobras Aldemir Bendine de temporária para preventiva. 

O pedido se estende também aos irmãos André Gustavo Vieira da Silva e Antônio Carlos Vieira da Silva. 

O trio está preso desde a quinta-feira (27), alvo da Operação Cobra, a 42ª fase da Lava Jato. Bendine é acusado de receber propina da Odebrecht. 

A prisão temporária vence hoje.

Nenhum comentário:

Postar um comentário