terça-feira, 4 de julho de 2017

Maior corrupto da história do Brasil, Lula entra com nova representação contra procurador da Lava Jato Carlos Fernando dos Santos Lima



Tabata Viapiana - Gazeta do Povo 


A defesa do ex-presidente Lula protocolou nesta terça-feira (4) uma representação no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) contra o procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, integrante da força-tarefa da Lava Jato no Ministério Público Federal do Paraná. Os advogados de Lula pedem que o conselho verifique um eventual desvio funcional e violação às regras de conduta por parte do procurador.
A representação está baseada em postagens recentes no Facebook de Carlos Fernando dos Santos Lima. Ele tem usado as redes sociais para criticar ataques à operação Lava Jato e cobrar mudanças nos sistemas político e penal do país. Mas, para a defesa de Lula, as publicações são “desrespeitosas e de nítido caráter político contra o ex-presidente e um desrespeito às atribuições inerentes ao cargo de procurador”.
No entendimento dos advogados, Carlos Lima expõe “suas preferências ideológicas a partir de ataques à honra e à imagem de Lula, chegando a questionar sua aptidão para o exercício da presidência da República”. A assessoria do Ministério Público Federal informou que não vai se pronunciar sobre o caso.
Não é a primeira vez que Lula aciona o CNMP contra os procuradores que atuam na Lava Jato em Curitiba. Em setembro do ano passado, logo após ser denunciado pela primeira vez pela força-tarefa, o ex-presidente entrou com uma representação contra os procuradores Júlio Noronha, Roberson Pozzobon e Deltan Dallagnol sob alegação de que eles “transgrediram os deveres funcionais” durante a coletiva de imprensa de apresentação da denúncia relacionada ao tríplex do Guarujá. O caso foi arquivado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário