sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Desde fevereiro de 2014, reajuste na conta de luz já chega a quase 60%, diz Fecomércio

O Globo

Segundo entidade, autoridades devem adotar medidas compensatórias



A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou nesta sexta-feira que a conta de luz dos consumidores de 58 distribuidoras ficará, em média, 23,4% mais cara a partir de segunda-feira. De acordo com a Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio RJ), o aumento extraordinário vai se somar à variação de 27,1% acumulada em 12 meses, o que representa elevação de 56,8% desde fevereiro de 2014.

A Fecomércio RJ ressaltou, em nota, que, comparados à inflação média, “os reajustes — passado e futuro — da energia elétrica se mostram descolados da realidade de empresas e consumidores residenciais”. Ainda segundo o texto, a elevação de 23,4% no país e 22,5% no Rio (para os consumidores da Light) vai causar impacto aproximado de, respectivamente, 0,8 ponto percentual e 0,9 ponto percentual.

No texto, a federação afirma que “o governo precisa aprimorar a fiscalização e fazer cumprir regras já assumidas, de maneira a prevenir reajustes alheios ao ambiente produtivo, assim como apagões”, e defende que é necessário “que haja compensações, como bônus para consumidores e estabelecimentos que reduzam o consumo de energia”.


Nenhum comentário:

Postar um comentário