quinta-feira, 11 de maio de 2017

“Dilma ligou para João Santana para avisar sobre prisão”

Thiago Bronzatto - Veja


Segundo delação de Mônica Moura, mulher de João Santana, investigações sigilosas da Polícia Federal eram vazadas pelo ex-ministro da Justiça


A ex-presidente Dilma Rousseff é acusada de ter ligado para o marqueteiro João Santana para avisá-lo que seria preso na Operação Lava-Jato, segundo delação premiada da empresária Mônica Moura, mulher do publicitário. 
A chamada telefônica teria ocorrido no dia 21 de fevereiro de 2016, um dia antes do juiz Sergio Moro decretar a prisão do casal, que estava na República Dominicana, trabalhando na campanha presidencial de Danilo Medina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário