domingo, 28 de fevereiro de 2016

Com sangue nos olhos, Lula agora diz que sítio é presente! E parece querer porrada!

Com Blog do Reinaldo Azevedo - Veja


Na festa do partido, no sábado, o Apedeuta estimulou

 o pega-pra-capar e disse que um muito menos rico 

do que ele comprou o sítio para lhe fazer um mimo... 

Levante as patas dianteiras quem acredita!!!



Lula está com sangue nos olhos. Discursou na festa dos 36 anos do PT, no Rio, neste sábado. Pela primeira vez, falou sobre o apartamento e o sítio. Negou, obviamente, que sejam seus, mas com peculiaridades. E acreditem: ainda falou em tom de ameaça.
Ridicularizando o principal programa de moradia em curso no país, tratou com menoscabo o apartamento de Guarujá, chamando-o de “tríplex do Minha Casa Vida”. Atacou ainda a imprensa: “Eu digo que não tenho o apartamento. A empresa diz que não é meu. E um cidadão do Ministério Público, obedecendo ipsis literis o jornal O Globo e a Rede Globo, costumam dizer que o tríplex é meu”.
Isso é só tentativa de intimidação para ver se emissora, jornais e revistas evitam tocar no seu nome ou se, a partir de agora, fazem uma matéria crítica a ele depois de fazer uma também para FHC.
“Presente”
Lula arrumou uma desculpa esfarrapada para o sítio. Inusitada. A propriedade seria um “presente” que seu amigo Jacó Bittar decidira lhe dar.
Entendi: Bittar, que é muito menos rico do que Lula — a despeito dos filhos empresários —,  decidiu gastar seu dinheirinho comprando um sítio para o “amigucho”, para o seu usufruto e da família.
E como se explica a atuação das empreiteiras, então? Ora, mais presente! Gilberto Carvalho, ex-ministro de Lula e segundo homem do PT na hierarquia real, já concedeu uma entrevista à Folha desenvolvendo essa tese.
Então ficamos assim: um ex-sindicalista gasta suas economias comprando um sítio para o “amigo véio”: Lula. É a contribuição do trabalho. A Odebrecht, a OAS e a Oi resolveram também dar seus regalos. É a contribuição do capital.
Tsc, tsc, tsc…  O ex-presidente ainda resolveu fazer uma ameaça. Voltou a conclamar os companheiros a não andar de cabeça baixa. Disse mais: “Os petistas não podem levar desaforo pra casa toda vez que falarem merda da gente”.
Está estimulando seus milicianos a partir para a porrada, a exemplo do que já fizeram às portas do Fórum Criminal da Barra Funda.
O que quer Lula? Porradaria nas ruas? Pelo visto, sim!
Outra coisa curiosa é esse processo de (re)demonização da Globo. Quando os petistas não têm mais em quem jogar a culpa, lá vai pau na emissora. Quem dera, de fato, ela espelhasse em seus telejornais o saco cheio dos brasileiros! Mas não! Tudo é conduzido como se a sociedade estivesse dividida em relação ao governo e ao PT. E isso, convenham, não é fato.
Mas sabem como é… É preciso inflamar o que resta de militância, nem que seja com mais essa boçalidade.
Acabou o Lulinha Paz e Amor? É mesmo? Então o quê? Agora eles pretendem bater na gente?
Acho que não vai ser fácil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário