domingo, 28 de fevereiro de 2016

Câmara gasta R$ 612,2 mil em locação de veículos

Dyelle Menezes - Contas Abertas

 
Assim como o Senado Federal, a Câmara dos Deputados também tem gastos com a locação de veículos. A Casa empenhou R$ 612,2 mil para prestação de serviços de locação de veículos automotores, sem motorista nem combustível. O valor atende despesas até o final do presente exercício.


carrinho-de-compras


A empresa responsável pelo serviço é a Daleth Veículos Ltda. Os carros são utilizados para o transporte rodoviário de deputados e servidores da Câmara dos Deputados, em atividades parlamentares e administrativas, no Distrito Federal e Entorno.

De acordo com a justificativa do edital de licitação, a terceirização da frota de veículos proporciona ganhos financeiros em função da desoneração parcial do contrato de mão de obra para manutenção de veículos, da realocação de servidores efetivos para outros órgãos, da extinção de contratos de fornecimento de peças e equipamentos, bem como da redução gradual do contrato de seguro para veículos.

“Haverá, ainda, ganhos indiretos com a liberação de área de 70m² situada no Complexo Avançado da Câmara dos Deputados e a redução de contratos a serem geridos pela Coordenação de Transportes”, explica.

R$ 36,8 mil em torneiras

Além dos carros, a Câmara ainda reservou R$ 36,8 mil para compra de peças de torneiras. Ao todo, foram R$ 21,2 mil para 142 peças de toneira com fechamento automático, em latão cromado ½, para lavatório, participação exclusiva. O restante, R$ 15,6 mil, foram destinados a 105 peças de toneira com fechamento automático, em latão cromado, também para lavatório, mas com participação aberta.

Serviços de portaria

O Senado Federal, por sua vez, garantiu os recursos para serviços de portaria e recepção. A Casa empenhou R$ 115,1 mil para seis porteiros em escala de doze horas de trabalho por 36 horas de descanso. Outros R$ 132,4 mil para porteiros noturnos em escala de doze horas de trabalho por 36 horas de descanso.

Na Presidência…

Na Presidência da República, os gastos contemplaram a manutenção e reforma predial. Foram reservados R$ 357,2 mil para serviços continuados de manutenção preventiva e corretiva das instalações prediais e mobiliárias da Pasta e suas unidades residenciais funcionais, localizadas no Distrito Federal.

Confira aqui as notas de empenho da semana

*Vale ressaltar que, a princípio, não existe nenhuma ilegalidade nem irregularidade neste tipo de gasto feito pela União e que o eventual cancelamento de tais empenhos certamente não ajudaria, por exemplo, na manutenção do superávit do governo ou em uma redução significativa de despesas. A intenção de publicar essas aquisições é popularizar a discussão em torno dos gastos públicos junto ao cidadão comum, no intuito de aumentar a transparência e o controle social, além de mostrar que a Administração Pública também possui, além de contas complexas, despesas curiosas. 

- See more at: http://www.contasabertas.com.br/website/arquivos/12574#sthash.7TwQvCVz.dpuf

Nenhum comentário:

Postar um comentário