sábado, 20 de maio de 2017

Fachin determina perícia na gravação do diálogo entre Temer e o dono da JBS


Manoel Ventura - O Globo

O ministro Edson Fachin, relator da Lava-Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), determinou a perícia nos áudios que registraram o diálogo entre o presidente Michel Temer e o dono da JBS, Joesley Batista, e vai enviar à Polícia Federal os autos do processo. Fachin também decidiu levar para o plenário da Corte a decisão sobre o pedido do presidente Michel Temer para suspender o inquérito do qual é alvo. Este assunto será julgado na próxima sessão do Tribunal, nesta quarta-feira. (TUDO SOBRE A "REPÚBLICA GRAMPEADA")
A informação foi divulgada na noite deste sábado pelo gabinete da presidente do Supremo, ministra Cármen Lúcia.
O presidente disse ainda que permanece na Presidência e negou que tenha cometido o crime de corrupção passiva, pois os pleitos do empresário não foram atendidos.
Temer chamou Joesley Batista de "fanfarrão" e afirmou que não acreditou nas afirmações do empresário de que havia cooptado juízes e promotores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário