sexta-feira, 5 de maio de 2017

Depoimento de Renato Duque pode comprometer ainda mais Lula, maior corrupto do Brasil

Andreza Matais e Marcelo de Moraes - O Estado de São Paulo



Foto: André Dusek/Estadão
O ex-diretor da Petrobrás Renato Duque deve falar hoje, em depoimento ao juiz Sérgio Moro, sobre os encontros que teve com o ex-presidente Lula com a Lava Jato em curso. Interlocutores do ex-executivo dizem que ele também vai detalhar o episódio em que ameaçou pedir demissão e os motivos apresentados pela presidente Dilma Rousseff para que reconsiderasse. O depoimento é aguardado com expectativa pelos investigadores por ocorrer quatro dias depois de o STF mandar soltar o ex-ministro José Dirceu, padrinho político de Duque.
Um amigo de Renato Duque diz que ele vai para o depoimento com a “faca na boca”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário