quinta-feira, 10 de agosto de 2017

STJ nega pedido de suspeição de Moro feito por Lula, o corrupto

Marcelo Rocha - Epoca

Ex-presidente Lula depõe ao juiz Sergio Moro (Foto: Reproduição)

O ministro Felix Fischer, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), negou um novo pedido do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para declarar a suspeição do juiz Sergio Moro. A defesa do petista citou a postura do juiz durante audiência de instrução em uma das ações penais da Lava Jato. Os advogados do ex-presidente afirmaram que Moro teria permitido ofensas de uma testemunha a Lula; feito provocações e debochado da defesa após o fim do depoimento, quando o equipamento de filmagem já estava desligado; e proibido ilegalmente a gravação de audiências sem sua prévia autorização.
Fischer disse que os fatos apresentados pela defesa do petista estão relacionados à atividade jurisdicional e não caracterizam suspeição do juiz. Existem meios próprios, segundo o ministro do STJ, para corrigir eventuais equívocos processuais, o que inviabiliza o reconhecimento de suspeição por meio de um habeas corpus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário