quinta-feira, 20 de abril de 2017

Léo Pinheiro: Lula, o corrupto, estava irritado e preocupado com contas no exterior

Com O Antagonista

No fim do depoimento, Sérgio Moro quis ouvir de novo de Léo Pinheiro sobre a orientação de Lula para a destruição de provas das relações com João Vaccari.
Léo repetiu:
"Eu fui chamado pelo presidente, ele estava muito preocupado. A Lava Jato já estava em andamento. A pergunta que ele me fez foi muito clara: 'Você fez algum pagamento no exterior para João Vaccari?'"
Léo respondeu que não. E que os pagamentos eram feitos por meio de doações a diretórios, ao partido e a políticos, e via caixa dois.
Em seguida, o ex-presidente orientou Léo a destruir todo e qualquer documento que pudesse revelar pagamentos feitos ao PT.
O encontro ocorreu "em abril ou maio de 2014", no Instituto Lula. "Ele (Lula) estava muito irritado", reforçou Léo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário