terça-feira, 11 de abril de 2017

Fachin não pede inquérito contra Alckmin; o STJ é que vai decidir

Com Blog do Reinaldo Azevedo - Veja


Governador Geraldo Alckmin: nome foi enviado ao STJ, que vai decidir de abre inquérito ou não (Divulgação/Divulgação)
O nome do governador Geraldo Alckmin, como já se sabia, também está na delação da Odebrecht. Segundo delatores, sua campanha recebeu, via caixa dois, R$ 8,3 milhões para a campanha de 2014 e R$ 2 milhões para a de 2010. O intermediário da negociação teria sido seu cunhado Adhemar César Ribeiro.
E por que Alckmin — e certamente há outros governadores — não está na lista de Edson Fachin? Porque seu nome não aprece relacionado a ninguém com foro especial, casos de Renan Filho (PMDB-AL), Robinson Faria (PSD-RN) e Tião Viana (PT-AC).
Em casos em que não há ninguém com foro, os governadores são processados pelo STJ (Superior Tribunal de Justiça). E os que não tiverem foro especial migrarão para a 13ª Vara Federal de Curitiba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário