segunda-feira, 17 de abril de 2017

Para pagar Duda Mendonça, Emílio Odebrechtusou empresa do terreno do Instituto Lula

Com O Antagonista



Emílio Odebrecht detalhou aos procuradores como tentou pagar por fora uma dívida da campanha de Paulo Skaf com Duda Mendonça.
O patriarca do grupo Odebrecht contou que, após a prisão de Marcelo, Duda lhe cobrou o valor.
Primeiro, foi forjado um contrato de consultoria R$ 9 milhões. Mas depois o publicitário sugeriu que a Odebrecht lhe comprasse um terreno no litoral da Bahia. O imóvel seria superfaturado para embutir o valor do caixa 2.
A compra seria feita através da DAG Construtora, a mesma que foi usada para adquirir o terreno onde seria construída a nova sede do Instituto Lula.
Devido aos riscos de rastreamento da operação, Emílio acabou cancelando o contrato de compra após o pagamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário