terça-feira, 1 de agosto de 2017

Líderes da oposição na Venezuela voltam a ser detidos pelo celerado Maduro, comparsa da dupla corrupta Lula-Dilma

Com a France-Presse


Agentes do Sebin, o serviço de inteligência da Venezuela, prenderam o líder opositor Leopoldo López e Antonio Ledezma, ex-prefeito de Caracas, na madrugada desta terça-feira (1º).

Os dois líderes são os nomes mais conhecidos e emblemáticos da oposição ao presidente Nicolás Maduro.

López foi preso há três anos e estava em prisão domiciliar desde 8 de julho deste ano, já Ledezma estava detido em sua casa desde abril de 2015. A condição, porém, não os impediu de participar do plebiscito simbólico contra a Constituinte, que ocorreu duas semanas antes da votação do último domingo (30).

"Acabam de levar Leopoldo de casa. Não sabemos onde estão o levando. Maduro é o responsável se algo acontecer", disse a mulher de López, Lilian Tintori, pelo Twitter.

Um vídeo circula na rede social com o momento da prisão de Ledezma.



ÚLTIMA HORA | VIDEO- Así funcionarios del Sebin se llevaron al alcalde Antonio Ledezma de su residencia: Revocan medida de casa por cárcel

Nenhum comentário:

Postar um comentário