segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Justiça analisa se empréstimo de R$ 800 milhões para OAS é legal

Mônica Bergamo - Folha de São Paulo


A Justiça decide hoje a legalidade de um empréstimo de R$ 800 milhões do fundo canadense Brookfield para a construtora OAS. A operação é considerada crucial para dar fôlego à companhia, que já paralisou obras, demitiu funcionários, colocou ativos à venda e está em recuperação judicial.

AÇÃO COLETIVA
Credores da OAS não concordam com o valor do contrato e acionaram os tribunais para tentar modificá-lo. Eles questionam também o fato de o empréstimo ser lastreado em ações da Invepar, empresa que reúne os investimentos da construtora em concessões de infraestrutura de transportes, como o aeroporto de Guarulhos.

ORÇAMENTO
A OAS deve hoje cerca de R$ 9 bilhões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário