segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Chambinho vai enrolar ainda mais Gleisi e Paulo Bernardo na Lava-Jato

Lauro Jardim - Radar - Veja




Tempo chuvoiso
Tempo chuvoiso

O ex-vereador do PT Alexandre Romano, o Chambinho,  preso na Lava-Jato, acusado de receber dinheiro da Consist Software, responsável pela gestão de crédito consignado a servidores públicos federais, para facilitar a vida da empresa, decidiu fazer um acordo de delação premiada.
 
 
Além do que já disse sobre Luiz Gushiken, e o ex-tesoureiro Paulo Ferreira dois nomes estrelados do PT aparecerão nos depoimentos de Romano, de acordo com o que ele já contou ao seu advogado: o casal Paulo Bernardo e Gleisi Hoffmann

Nenhum comentário:

Postar um comentário