quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Importante é que o Brasil saia dessa votação melhor do que foi deixado pela dupla Lula-Dilma

O que chama a atenção nesse debate que antecipa a votação que decidirá se os deputados aprovam ou não o relatório de Paulo Abi-Ackel, que pede o arquivamento da denúncia contra Temer, é o cinismo de integrantes do Psol, PCdoB, Rede, PDT e PSB, puxadinhos do covil do Lula, ao criticarem corruptos de outras facções.

Esses caras imaginam que o povo é trouxa. Depois de 13,5 anos de assalto à Petrobras, BNDES, Eletrobras, Correios... que credibilidade tem essa gente para condenar a 'concorrência'?

Se eles olhassem as ruas, perceberiam que se o povo rejeita Temer, a ojeriza a Lula e sua organização criminosa é ainda maior. O silêncio dos brasileiros é sintomático. De resto, ainda está na retina da imensa maioria dos brasileiros as imensas mobilizações jamais vistas neste país a partir de 2013 contra a bandalheira instalada em todas as áreas dos governos corruptos do PT.

Seja qual for o resultado da votação desta quarta-feira, o importante é que o Brasil seja preservado e nunca mais vote a ser saqueado por bandos políticos.

De qualquer lado.

Importante é que o Brasil saia dessa votação melhor do que foi deixado pela dupla Lula-Dilma




Um comentário:

  1. Saiu um bando e entra outro bando. Quando haverá um basta misso

    ResponderExcluir