sexta-feira, 29 de março de 2019

Cruzada pela impunidade

Marco Aurélio e Toffoli confabulam em plena conspiração 
para ampliar os limites da impunidade no Brasil. 
Foto: Dida Sampaio/Estadão


A entrevista em que o ministro do STF Marco Aurélio Mello contou à GloboNews  que está percebendo um clima favorável na sua grei pela mudança da jurisprudência que atualmente autoriza juízes mandarem condenados em segunda instância começarem a cumprir pena me convenceu de vez que há uma campanha aberta pela impunidade. 
Ela começou na decisão do STF transferindo crimes de caixa 2 para a Injustiça Eleitoral, prosseguiu pelo mau tratamento dispensado pela Câmara ao pacote anticrime do ministro Sérgio Moro e deverá alcançar o clímax com a alteração em relação à prisão pós-segunda instância com o consequente abrandamento da situação penal de Lula. 

O Estado de São Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário