sexta-feira, 29 de março de 2019

"Projeto de Moro é prioridade zero", por José Nêumanne

Moro faz cruzada tentando convencer senadores a aprovarem 
leis que podem punir muitos deles. 
Foto: Uéslei Marcelino/Reuters

Dia em que o dólar abriu a R$ 4 e uma quadrilha explodiu caixas num hotel a 750 metros do Palácio da Alvorada, residência do presidente da República, urge lembrar que pacote anticrime que Moro levou à Câmara deveria ter prioridade zero. 
Se a “nova Previdência” merece a urgência reclamada por outro ministro, Paulo Guedes, e merece mesmo, não é justo que seja usada como refém do combate à corrupção e ao crime organizado, sequestrados na gaveta de Rodrigo Maia, o Botafogo da lista de propinodutos da Odebrecht, numa autêntica Operação Mela Jato. 

O Estrado de São Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário