segunda-feira, 30 de julho de 2018

Pesquisa mostra Sartori liderando primeiro turno na eleição gaúcha

Na pesquisa espontânea, 76,3% dos eleitores não sabem em quem votar

Uma nova pesquisa eleitoral divulgada no último domingo, 29, e realizada entre os dias 16 e 21 de julho, com 1.217 entrevistas em trinta cidades gaúchas, mostra o atual governador do Rio Grande do SulJosé Ivo Sartori (MDB), na liderança do primeiro turno. Enquanto os principais partidos já lançaram seus pré-candidatos, Sartori, entretanto, ainda não confirmou sua pré-candidatura. Durante a fase de pré-campanha, Sartori se absteve de confirmar seu nome na disputa, o que deve ocorrer somente na convenção marcada para o próximo domingo, 5, segundo o partido.
De acordo com a pesquisa do instituto Index, encomendada pela revista VotoSartori tem 24,1% das intenções de voto. O atual governador é seguido por Miguel Rossetto (PT), com 11,3%, Jairo Jorge (PDT), com 10,4%, Eduardo Leite (PSDB), com 6,4%, Roberto Robaina (Psol), com 2,9%, Abigail Pereira (PCdoB), com 2,5%, Luis Carlos Heinze (PP), com 1,6%, e Mateus Bandeira (Novo), com 0,3%. A maioria dos eleitores (30,7%) não sabe em quem votar, 8,3% pretendem anular ou votar em branco e 1,6% não sabe em quem votar.
Mesmo liderando a intenção de votos, Sartori também tem a maior rejeição, assim como mostraram pesquisas anteriores realizadas no estado. De acordo com o levantamento do Index, 28% dos entrevistados “não votariam de jeito nenhum” em Sartori, seguido por Rossetto (9,2%), Abigail (8,7%), Leite (7%), Jorge (4,6%), Bandeira (3,4%), Robaina (3,4%) e Heinze (3,3). Dos entrevistados, 7,9% não rejeita nenhum, 20,7% não souberam responder e 3,9% não deram nenhuma resposta.
“Por ser o atual governador, Sartori é o mais lembrado entre os eleitores, mas também carrega a rejeição mais elevada, pela própria maior exposição da administração”, explicou Caco Arais, diretor do Index, conforme divulgado pela Voto.
Na pesquisa espontânea, quando os eleitores não são informados pelas opções, Sartori também lidera, mas seu índice cai de 24,1% para 15%. Na sequência aparecem Rossetto (3,9%), Jorge (3,4%), Leite (0,9%), Robaina (0,3%) e Heinze (0,1%). A maioria dos eleitores (76,3%) não sabe em quem votar quando precisam informar espontaneamente um candidato.
A margem de erro da pesquisa é de 2,9% para mais ou para menos. Não foi divulgado possíveis cenários para o segundo pesquisados pelo instituto Index. Pesquisa anterior do Instituto Methodus mostra que Sartori perderia para os principais candidatos em uma disputa de segundo turno.

 Paula Sperb, Veja



Nenhum comentário:

Postar um comentário