domingo, 28 de abril de 2019

Resultados parciais confirmam vitória do PSOE nas eleições da Espanha

MADRI - As primeiras parciais dos resultados oficiais das eleições realizadas na Espanha neste domingo, 28, confirmam a vitória do Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE), do atual primeiro-ministro do país, Pedro Sánchez.
Com 11,98% das urnas apuradas, o PSOE tem 29,6% dos votos, o que daria ao partido liderado por Sánchez 128 cadeiras na nova composição do Congresso dos Deputados, que tem 350 representantes.
Pedro Sánchez - Espanha
O primeiro-ministro Pedro Sánchez vota em Pozuelo de Alarcon, arredores de Madri   
Foto: Bernat Armangue/AP

Partido Popular (PP), principal de oposição, vem na segunda posição, com 17,3% da preferência do eleitorado, o que seria equivalente a 64 deputados no Parlamento da Espanha.
Na terceira posição está o Ciudadanos, com 12,3% e 47 cadeiras no Congresso, seguido do Unidas Podemos, que obteve até então 13,5% dos votos e 37 representantes na nova composição do Parlamento.
Já o Vox, partido de extrema direita que deve conseguir pela primeira vez representação no Congresso, está na quinta posição, segundo o resultado parcial, com 8,7% dos votos (22 cadeiras). O partido vem crescendo desde as eleições regionais do ano passado/ EFE

 Redação, O Estado de S.Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário