domingo, 6 de agosto de 2017

Após afundar o Flamengo, Zé Ricardo é demitido pela desastrada diretoria do Clube

ESPN

Zé Ricardo, 46, não é mais o técnico do Flamengo.
O treinador deixou o clube na noite deste domingo, horas após o time ter sido derrotado pelo Vitória, por 2 a 0, na Ilha do Urubu, no Rio de Janeiro. Foi o quarto jogo consecutivo da equipe sem vencer, com três reveses e um empate.
Zé Ricardo despede-se com o Flamengo na quinta colocação, com 29 pontos, a 18 do líder Corinthians. Em 19 rodadas, foram sete vitórias, oito empates e quatro derrotas, com 51% de aproveitamento. A equipe marcou 27 gols e sofreu 19.
A pressão sobre o treinador já era grande. Com um elenco recheado de jogadores talentosos - como Diego, Éverton, Éverton Ribeiro, Guerreiro, Trauco etc. -, o Flamengo não conseguiu engrenar. Apesar do título Estadual, caiu na fase de grupos da Copa Libertadores, sua meta principal.
Zé Ricardo estava no comando técnico desde 26 de maio do ano passado, quando substituiu Muricy Ramalho interinamente. Após a confirmação de que o antecessor teria de se aposentar por problemas de saúde, acabou ganhando sequência e foi efetivado pela diretoria no cargo em 14 de julho.


Veja os números de Zé Ricardo no comando do Flamengo

A equipe carioca chegou a brigar pela ponta do Brasileiro do ano passado, mas o ritmo caiu após a vitória contra o Fluminense por 2 a 1, em 13 de outubro. Venceu apenas duas partidas das oito restantes e finalizou o torneio na terceira colocação, com 71 pontos.
No total, foram 55 jogos sob o comando de Zé Ricardo, dos quais o Flamengo venceu 26, empatou 18 e perdeu 11.


Desempenho, rejeição da torcida... Rafael Oliveira analisa queda de Zé Ricardo

A equipe rubro-negra foi a primeira profissional na carreira de Zé Ricardo. Antes, ele trabalhou nas categorias de base flamenguistas e no time sub-15 do Audax.
Tem no currículo uma Copa São Paulo de futebol júnior, um Carioca sub-20 e o Estadual (com os profissionais).



Nenhum comentário:

Postar um comentário