terça-feira, 11 de julho de 2017

Caso Odebrecht: Ex-presidente do Peru e mulher recebem pedido de prisão



O Globo

O procurador Germán Juárez Atoche apresentou um pedido de prisão preventiva contra o ex-presidente peruano Ollanta Humala e sua mulher, a ex-primeira-dama Nadine Heredia pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação criminosa.
A solicitação se deve ao testemunho de Marcelo Odebrecht, que assegurou ter entregado US$ 3 milhões para a campanha de Humala em 2011, e também declarações de outros colaboradores que apresentaram provas sobre entregas de dinheiros feitas ao casal.
Juárez entregou ao juiz Richard Concepción Carhuancho um grande número de provas e, entre as novas evidências, encontram-se transferências de dinheiro que a ex-primeira-dama recebeu da conta do Partido Nacionalista.
Segundo fontes judiciais, a solicitação já foi apresentada ao juiz, que deve se pronunciar até a quinta-feira. Antes de tomar a decisão, Concepción convocará uma audiência pública para decidir a situação do ex-chefe de Estado e sua mulher e evitar uma possível fuga do país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário