quarta-feira, 5 de julho de 2017

As notas fiscais de Palocci falam

Com O Antagonista

Joesley Batista não revelou qualquer ilegalidade nas consultorias de Antonio Palocci para a JBS, mas as notas fiscais emitidas pela Projeto falam por si.
Reparem onde funcionava a sede da empresa do ex-ministro de Lula quando Joesley o contratou: Rua Padre João Manuel 450, sala 68.
Sim, mesmo edifício onde funcionavam a LFT e a Touchdown, de Luleco; a G4, de Lulinha e Fernando Bittar; a Editora Gol, de Jonas Suassuna; a Newlink, ligada à PlayTV e à Gamecorp, de Lulinha, Fernando Bittar e Jonas Suassuna; a FlexBR, de Marcos Claudio Lula da Silva e Sandro Luis Lula da Silva; e até o escritório de Adhemar Gianini, advogado de Roberto Teixeira, advogado e compadre de Lula.
Deve ser coincidência...

Nenhum comentário:

Postar um comentário