quarta-feira, 24 de maio de 2017

Iate de Joesley avaliado em US$ 10 milhões deixou o Brasil dias antes de o empresário ir para Nova York



Parte externa do iate Leonardo 100, mesmo modelo adquirido pelo empresário Joesley Batista - Filiberto Rotta / Divulgação


O Globo


Embarcação teria sido transportada de Itajaí (SC) para Miami no dia 8 de maio dentro de um navio



Já com o acordo de colaboração premiada fechado na Procuradoria-Geral da República, o empresário Joesley Batista embarcou com a família no seu jato particular de 20 lugares para Nova York no dia 10 de maio, mas antes tomou cuidado para não deixar para trás um outro brinquedo de luxo: o iate Leonardo 100, do estaleiro Azimut. O barco deixou a Marina Itajaí, em Santa Catarina, no dia 8, em direção a Miami, nos Estados Unidos, transportado dentro de um navio.

A informação foi revelado pelo jornal Diário Catarinense na terça-feira e confirmada pelo GLOBO. O iate estaria atracado desde março em Itajaí e não teria sido usado até ser levado para Miami.




Parte interna do iate Leonardo 100, modelo adquirido pelo empresário Joesley Batista - Filiberto Rotta / Divulgação

O iate é um dos lançamentos mais luxuosos da Azimut e foi batizada com o sugestivo nome de "Why Not" (Por que não) por Joesley. A embarcação tem 30,4 metros de comprimento (98 pés), três andares, quatro quartos, incluindo uma suíte de 20 metros quadrados, cozinha, salas de estar, banheira de hidromassagem e capacidade para 25 pessoas.

O Why Not tem dois motores de 2.216HP, capacidade para 10 mil litros de combustíveis e pode chegar a uma velocidade de 60 quilômetros por hora.

Segundo o Diário Catarinense, a embarcação chegou à Marina Itajaí no dia 15 de março, em meio à negociação de Joesley com a PGR, e a empresa de logística Dacon fez o transporte já com a papelada necessária para envio do iate para o exterior.

O jornal catarinense explica ainda que o iate foi levado da Marina Itajaí até o Porto de Itajaí, e a operação delicada de içá-lo para dentro do navio demorou cerca de cinco horas, das 15h às 20h. A data de desembarque do barco em Miami não foi divulgada.



Sala do iate Leonardo 100, mesmo modelo adquirido pelo empresário Joesley Batista - Filiberto Rotta / Divulgação


Oficialmente, a Marina Itajaí disse que não poderia comentar as informações por obrigações de sigilo contratual. Uma pessoa próxima ao empreendimento, porém, confirmou ao GLOBO que o iate é de Joesley e foi transportado para o exterior no dia 8, dois dias antes de o empresário deixar o país.

A Marina Itajaí começou suas atividades em 2015 e tem espaço para atracar 320 embarcações. A família Schurmann, que ficou conhecida por dar voltas ao mundo pelo mar, concluiu a última de suas três jornadas na Marina Itajaí.




Nenhum comentário:

Postar um comentário