terça-feira, 23 de maio de 2017

Covil do PT torce para que Temer fique na Presidência para desviar a atenção de Lula, o chefe da organização criminosa

Pedro Ladeira/Folhapress
BRASILIA, DF, BRASIL, 21-05-2017, 16h00: O presidente Michel Temer durante entrevista exclusiva à Folha na biblioteca do Palácio da Alvorada. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress, PODER) ***EXCLUSIVO***
O presidente Michel Temer

Mônica Bergamo - Folha de São Paulo

A torcida para que Michel Temer permaneça na Presidência da República é grande em setores do PT. Apesar do discurso público, eles avaliam que o desgaste do peemedebista redunda em benefícios para a legenda: Lula deixa de ser o principal alvo da mídia, cedendo lugar ao presidente. E o partido cresce nas ruas ao radicalizar o discurso e sugerir eleições diretas já.

GERAL
O contrário seria verdadeiro: com Temer fora do cargo e sem foro privilegiado, investigado por procuradores de Curitiba ou de qualquer outra cidade, a força-tarefa dobraria a aposta na condenação de Lula. Que já não poderia esgrimir com a mesma facilidade o argumento de perseguição política.

EM TODO O CASO
Ao mesmo tempo, o PT discute nomes para apoiar numa eventual eleição indireta. Nelson Jobim é um deles.

PERGUNTA
Afinal, Henrique Meirelles aceita ser candidato a presidente, por via indireta, caso Michel Temer se inviabilize? A pergunta foi feita diretamente ao ministro da Fazenda por investidores e gestores de fundos que se inscreveram em conferência telefônica organizada com ele pelo JP Morgan.

RESPOSTA
Meirelles respondeu que acredita na permanência do presidente no cargo.

LIVRE
A ex-secretária Simone Vasconcellos, condenada a mais de 12 anos de prisão no mensalão, foi indultada. Ela se enquadrava nas regras previstas em decreto assinado por Temer que previa o benefício para mulheres, por exemplo, de mais de 60 anos.

LIVRE 2
Com a pena extinta, Simone, que cumpriu um período de prisão em regime fechado e já estava em liberdade condicional, agora só precisa pegar seu passaporte de volta para ter vida absolutamente normal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário