segunda-feira, 17 de abril de 2017

Onyx abre mão do foro privilegiado

Com O Antagonista


Acusado por um delator da Odebrecht de ter levado R$ 175.000 no caixa 2, Onyx Lorenzoni foi ao STF protocolar um pedido de "afastamento" de foro privilegiado.
É um gesto simbólico, para "abrir uma discussão", como ele próprio reconhece.
O privilégio, na verdade, é uma prerrogativa da função e independe da vontade do deputado: para abrir mão dele, Onyx precisaria renunciar aomandato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário