sexta-feira, 21 de abril de 2017

"Lula, o lobista da Odebrecht", por Maria Helena Rubinato Rodrigues de Sousa

Com Blog do Noblat - O Globo


Com um sorriso matreiro, Emilio, pai do Marcelo, a dupla baiana proprietária da megaempresa Odebrecht, relata, sempre com leveza, como se estivesse relatando um fait-divers banal, de que modo a direção da empresa bolou a atuação do Lula de uma maneira que favorecesse o ex-presidente e ao mesmo tempo a empresa.
Fez do Lula o cartão de visitas da empresa. Como? Ao armar palanques para o boy fazer palestras onde expunha o nada que é o que ocupa sua mente vazia e receber, por esse feito fantástico, de 150 a 200 mil dólares por cada vez que se exibia em todo o esplendor de sua vaidosa ignorância.
Com essa manobra esperta, enchia a burra do petista e mantinha iluminado o nome Odebrecht.
Quer dizer, ao mesmo tempo em que atendia aos pedidos do amigo por cada vez mais dinheiro, ajudava a Odebrecht a se impor como um nome extraordinário a ser aprovado

Continue lendo no Blog do Noblat.

Nenhum comentário:

Postar um comentário